{description}

Haddad promete estudar recriação do Ministério da Pesca

Pasta foi concebida no primeiro ano de governo do ex-presidente Lula e extinta no segundo mandato de Dilma Rousseff

Em encontro com sindicatos de pescadores em Itajaí (SC), nesta terça-feira (18/9) o candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) prometeu estudar a recriação do Ministério da Pesca, pasta concebida no primeiro ano de governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e extinta no segundo mandato de Dilma Rousseff.

Ao falar com jornalistas, Haddad disse que a criação de um ministério não pode ser vista como criação de despesa. “Temos que escapar um pouco desse tipo de armadilha que o senso comum nos coloca. Temos que ter muita maturidade, sabemos que o governo precisa dar uma atenção especial ao setor”, disse o candidato. “Às vezes, uma pequena modificação, um foco em um setor que tem potencial, paga mil vezes o custo de uma equipe.”

Em ruas da cidade, houve protestos de simpatizantes do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) que discutiram com apoiadores do petista, conforme vídeos divulgados nas redes sociais. Ao comentar o episódio, Haddad afirmou que a campanha se preocupou em respeitar o direito de manifestação e a integridade das pessoas.

O local da coletiva de imprensa foi alterado por conta da manifestação. “Não vejo tumulto, tumulto é quando há violência. Então estamos evitando, fizemos nosso ato com segurança para não criar o menor risco de que as pessoas se machuquem”, comentou o petista.